Pular para o conteúdo

as melhores trilhas sonoras dos anos 80

ghostbusters_001800

[veja também a lista completa das 100 melhores músicas dos anos 80]

Como escritor, uma das maiores invejas que eu sinto com relação aos cineastas é que livro não tem trilha sonora. Não há forma melhor de criar uma ambientação ou induzir uma emoção no espectador do que colocar uma música.

Quando o assunto é trilha sonora, as duas últimas décadas precisam voltar pra escolhinha e aprender com os anos 80, cujos filmes estão cravejados de músicas marcantes. Algumas mais recorrentes foram repetidas, abusadas, satirizadas a ponto de ser quase impossível levá-las a sério hoje, mas me marcaram bastante quando garoto.

Detalhe, os anos são do lançamento dos filmes, não das músicas.

9 semanas e meia de amor – slave to love – bryan ferry – 1985

Um fenômeno interessante do cinema da década de 80 são aquelas senas de sexo com vultos se pegando no contraluz, cortinas esvoaçantes, velas acessas em volta da cama e baladas românticas ao fundo. E Slave to Love é o um clássico absoluto desse gênero, com um clipe também bem clássico por si só.

a história sem fim – neverending story – limahl – 1984

Essa é pra criançada sonhar em voar por aí nas costas de um dragão com cara de cachorro.

de volta para o futuro – power of love – huey lewis – 1986

A música que me fez tentar andar de skate quando era moleque para fazer igual ao Marty Mcfly. Tudo que eu consegui foi ralar o joelho e cair de bunda meia dúzia de vezes.

dirty dancing – (i’ve had) the time of my life – bill medley e jennifer warnes – 1987

Chame de brega se quiser, mas me fala outra música que consegue tornar épica uma dancinha de apresentação de colônia de férias.

faça a coisa certa – fight the power – public enemy – 1989

Ah, o rap de primeira geração. Pelo menos o pessoal era muito bem humorado e não ficava o tempo todo sem camisa fazendo aquelas caras de gangsta poser. E essa moda aí de ficar botando um mané rapeando no meio de qualquer música que não tem nada de rap só por apelo demográfico? Deus que me livre e guarde.

flashdance – maniac – michael sembello – 1983

O filme que mais impulsionou o fenômeno da ginástica de casa entre a mulherada. Lembro até hoje a coitada da minha mãe com o VHS do Ginástica com Jane Fonda fazendo abdominais na frente da TV com aqueles colantes de qualidade estética duvidosa.

flashdance – what a feeling – irene cara – 1983

Outro ícone de Flashdance que mesmo quem nunca viu o filme reconhece: a moçoila dando os passinhos rápidos com aquelas meias gigantes no tornozelo.

goonies – the goonies ‘r’ good enough – cyndi lauper – 1985

Goonies foi um dos filmes mais marcantes da infância de muita gente. Até eu que já naquela época era um moleque entocado tive vontade de ter uma turminha pra sair por aí de bicicleta aprontando várias com essa música de fundo. Se quiser passar a doidera que vem antes do clipe, a música começa lá pelos 2:17.

gremlins – tema principal – michael sembello – 1984

Eu adoro o senso de humor dessa série. Lembro que sempre torcia para os gremlins, que no final das contas só queriam se divertir um pouco, encher a cara no bar, fumar, dançar. E quando os malandrinhos cantavam a própria música tema então? Metalinguagem pura.

labirinto – as the world falls down – david bowie – 1986

Além de assinar a trilha sonora, David Bowie—que não precisa de muita ajuda para ser esquisitão—rouba a cena na interpretação do rei goblin nesse filme.

labirinto – magic dance – david bowie – 1986

O prêmio de babá mais perturbadora vai para o Bowie com essa cena. Parece a reunião musical de uma versão maligna dos muppets. E saca só o bebê só rindo e curtindo a parada.

mad max, além da cúpula do trovão – we don’t need another hero – tina turner – 1985

Tina Turner em um filme de ficção científica pós-apocalíptica pode não parecer de cara uma combinação muito boa, mas o pior é que ornou. Juro que até hoje tenho o sonho de ver um clone nacional do Mad Max ambientado em um agreste pós-apocalíptico, mas o mais perto que chegamos disso foi Acquária

highlander – who wants to live forever – queen – 1986

Classe.

o clube dos 5 – simple minds – don’t you forget about me – 1986

Um dos filmes de colegial que eu mais gosto. Música excelente.

os caça-fantasmas – ghostbusters – ray charles jr. – 1984

Nem sei o que falar. Talvez a trilha mais marcante dos anos 80. Mas não perde o clipe que também é clássico à sua maneira.

karate kid 2 – glory of love – peter cetera – 1986

Aguenta coração! Essa é pra entrar na rádio de música romântica que meu amigo quer montar.

rocky IV – burning heart – survivor – 1985

Acho que foi no natal de 1988 que eu ganhei o meu primeiro CD: a trilha sonora de Rocky IV. Eu que já tinha gastado a minha fita de VHS de tanto assistir o filme, passei a gastar o CD de tanto ourvir, o que explica a quantidade de músicas desse filme na lista.

rocky IV – eye of the tiger – survivor – 1985

Até hoje eu gosto de pular corda ou correr ouvindo isso aí. O único problema é lembrar de não ficar dando socos no ar no parque para as pessoas não olharem assustadas.

rocky IV – living in america – james brown – 1985

Nada a acrescentar. Quando o James Brown canta a gente se cala.

ruas de fogo – i can dream about you – dan hartman – 1984

Trilha de um filme musical rock que pouca gente viu, mas que vale a pena.

scarface – push it to the limit – paul engemann – 1983

Entre as minhas cenas de montage favoritas, em um dos meus filmes favoritos. Mais legal ainda é que uma rádio inteira do Grand Theft Auto 3 só toca a trilha sonora de Scarface, sabia?

top gun – danger zone – kenny loggins – 1986

Outro filme icônico, mas que não sobreviveu quando eu assisti depois de adulto. O Maverick tá mais pra moleque mimado do que melhor piloto do mundo na minha opinião. Mas a trilha com os aviões mandando ver ainda empolga.

top gun – take my breath away – berlin – 1986

Outra que vai pra rádio romântica do meu comparsa. É açúcar demais. E olha aí de nova a cena de sexo na contraluz e as cortinas esvoaçantes.

um tira da pesada – axel f – harold faltermeyer – 1984

Eu piro demais nesses sintetizadores e essa trilha funciona bem demais no filme. Qualquer cena meia boca do Axel entrando escondido em um armazém fica genial instantaneamente.

um tira da pesada – the heat is on – glenn frey – 1984

A música perfeita para uma perseguição em uma comédia de ação.

Faltou alguma? Bote aí nos comentários.

13 Comentários leave one →
  1. ramon santana Link Permanente
    03/08/2011 14:06

    gostei muito poderia te mas

  2. Lincon Santos Link Permanente
    21/03/2012 22:45

    Hey, o camarada do Ghostbusters é Ray Parker Jr., não Ray Charles Jr. Lá vai o esquisitão do geléia pegar no teu pé a noite…

  3. Reginaldo Link Permanente
    30/04/2012 8:24

    só trilhas dos anos 80 otimas

  4. 13/10/2012 18:29

    bem que poderia constar aí “Get Outta My Dreams, Get into My Car” de Billy Ocean do filme Sem Licença Pra Dirigir, que também marcou muito os anos 80

  5. Alexandre Carvalho Link Permanente
    30/11/2012 23:23

    Faltou “Curtindo a vida adoidado” – Musicas :
    “Oh Yeah” do Yello, “Danke Schoen” de Wayne Newton, e “Twist and Shout” dos Beatles
    Faltou Footloose

  6. Paulo Bellini Link Permanente
    31/01/2013 2:33

    Caraca…os caras sabiam como fazer músicas e filmes antigamente….hoje, pobre de nós, só grandes merdas…por isso que não troco os 70/80/90 por nada…vai pro inferno Geraçao Y

  7. 18/05/2013 21:01

    Amei esse filmes, mas estou ha tempo a procura de uma video, onde estão tres rapazes numa lage.Anos 80 interncional. Umas meninso de cabelso compridos. S epuder me ajudar agradeço desde já.

    • Eva Cardoso Link Permanente
      09/07/2013 17:43

      Meire, o vídeo seria o do Toto, eles cantam no alto de um prédio a música I`ll be over you.

  8. Ana Paula Ramos Link Permanente
    22/09/2013 20:27

    Agora eu entendi que o primeiro vocalista do Survivor é um cara loiro de olhos azuis, agora é um moreno de olhos castanhos!

    • Ana Paula Ramos Link Permanente
      22/09/2013 20:31

      E o inusitado é que os dois têm o mesmo timbre de voz parecido com o outro! A maioria dessas músicas que estão aí na lista do vídeo, amo de paixão e baixei todas elas na internet!

    • Ana Paula Ramos Link Permanente
      26/10/2013 22:07

      O primeiro vocalista do Survivor que canta Eye Of The Tiger é um cara loiro de olhos azuis e que usava uma boina na cabeça, eu fui informada que ele saiu da banda por causa de problemas na voz! Agora é um moreno de olhos castanhos que é comparado ao Steve Perry!

  9. 12/01/2014 13:20

    Zamora,

    entre neste site e coloque lá o título das músicas e aí conseguirá baixá-las.

    http://www.4shared.com/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 49 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: